fbpx

INTERNACIONALIZAÇÃO

Portugal, a porta de entrada da Europa, está de braços abertos para receber a sua empresa

PORQUÊ INVESTIR EM PORTUGAL

Portugal quer fortalecer o seu ecossistema de inovação e a Rede do Empresário vai potencializar o seu projeto de expansão na Europa

Pólo de atração

Não é de hoje que Portugal se transformou em um ambiente fértil para iniciativas em tecnologia e inovação. Com enorme atratividade para empresas, start-ups, universidades, incubadoras e aceleradoras, o país posiciona-se no cenário internacional como um grande polo de atração de investimentos e desenvolvimento empresarial.

Pólo de desenvolvimento e expansão

Resultado da bem-sucedida aplicação de políticas públicas de fomento e estímulos à projetos e iniciativas, Portugal, com qualidade de vida, clima agradável e integração com a União Europeia, reforçou o seu perfil como pólo de desenvolvimento e expansão de negócios no cenário internacional.

RAZÕES PARA ADERIR À REDE

A Rede do Empresário pode ajudar a ingressar no mercado de Portugal porque fortalece a integração de empresas no ecossistema do país

Expansão de negócios

A Rede do Empresário potencializa a expansão de negócios da sua empresa em Portugal, através do fortalecimento de network, informações em regulamentação e integração ao ambiente empresarial do país.

Otimização de investimentos

Ao aderir à Rede, a sua empresa otimiza investimentos e reduz custos por atuar em parceria com quem já está integrado no ecossistema empresarial de Portugal e alavanca a capacidade de integração aos demais mercados da Europa.
O momento é agora. Portugal está de portas abertas e a Rede do Empresário está pronta para apoiar a sua empresa rumo às melhores oportunidades.
André Senador

André Senador lidera a área de Internacionalização que tem a missão de fortalecer a expansão da Rede do Empresário em nível internacional para promover a integração de empresas e organizações ao ecossistema de negócios e inovação de Portugal, capacitando-as a estabelecer suas operações no país e, a partir daí, expandir sua atuação para a Europa. A Rede do Empresário integra empresas e instituições, promove o fomento de iniciativas e potencializa a capacidade de empresas de atuar e desenvolver negócios.

Com experiência como executivo C-Level em grandes organizações como Volkswagen, Mercedes-Benz e BASF, Senador é CEO e fundador da Perennial Consultoria, estrategista em Comunicação, Imagem e Reputação. Atua em Relações com os Stakeholders, ESG e Sustentabilidade, Prevenção e Gestão de Crises. Cidadão brasileiro e português, é Doutorando e Mestre pela Universidade Metodista de São Paulo.

Somos uma plataforma que cultiva o ecossistema entre indústria, comércio, centros de pesquisa, universidades e órgãos de governo para fomentar e expandir a atuação de organizações parceiras no ecossistema de negócios de Portugal.

COMO ENTRAR EM PORTUGAL

Programa Soft Landing

Por quê?

Desenvolver a expansão internacional através de parceria com organização integrada ao ecossistema local fortalece a capacidade da empresa superar barreiras de cultura e regulamentação, reduzir custos e riscos e otimizar investimentos.

Para quem?

Empresas, startups e organizações de diversos segmentos encontram na Rede do Empresário o seu parceiro ideal, seu porto seguro, com conhecimento, network e integração local para estabelecer a sua base de atuação em Portugal e apoio na expansão do negócio.

Para quê?

O programa de Soft Landing da Rede do Empresário está direcionado para potencializar e consolidar a entrada da sua empresa em Portugal, a integração no mercado português e alavancar o potencial da organização a nível nacional.

Com o programa de Soft Landing da Rede do Empresário vai ter a possibilidade de expandir-se para a Europa, acelerando a internacionalização do seu negócio com um programa de aceleração online ou presencial na Europa.

DURAÇÃO, FASES E CONTEÚDO DO SOFTLANDING

O programa está dividido em 5 semanas

As três primeiras semanas permitem adaptar o modelo de negócio, conceber e especificar os planos de ação: plano de marketing, plano de inovação, plano financeiro, plano estratégico e plano de internacionalização. 

Durante a quarta semana são agendadas as reuniões nas cidades do RoadMap.

Na quinta semana, inicia-se o softlanding intensivo, haverá um apoio diário/2 horas de mentorias virtuais, onde poderão ser melhorados os planos de ação em workshops práticos, e tirar dúvidas com mais de 30 especialistas selecionados de acordo com as necessidades.

No final da quinta semana, selecionaremos o mentor adequado para as suas necessidades para acompanhá-lo durante 6 meses.

SEMANA 1

Análise

SEMANAS 2 e 3

Reuniões e
Mentorias

SEMANA 4

Preparação e agendamento de reuniões com clientes qualificados

SEMANA 5

Softlanding Empresarial

Análise: 

  • Análise Mercadológica em Portugal e potenciais países da Europa;

  • Levantamento e Análise da Concorrência;

  • Viabilidade Financeira;

  • Oportunidades de Negócio;

  • Análise Competitiva na Europa;

  • Forma de implementação;

  • Identificação dos potenciais interessados no produto ou serviço.

Reuniões e Mentorias:

  • Imersão na qual a empresa é ajudada a pensar no seu produto no contexto do mercado destino;

  • Auxilio no desenho dos seus processos, mensagens e marketing;

  • Análise de website (performance/desempenho);

  • Presença orgânica em redes sociais;

  • Histórico de atividade e investimento em campanhas nas redes sociais;

  • Potencial do negócio via canal digital no contexto europeu;

  • Apoio jurídico;

  • RGPD - Regulamento Geral de Proteção de Dados.

Preparação e agendamento de reuniões com clientes qualificados:

  • Preparo de canais de penetração para o mercado alvo;

  • Geração de Lead Qualificado para apresentação do cliente;

  • Plano de consolidações de reuniões no máximo em uma semana;

  • Possível representação do cliente, caso seja necessário.

  • Necessidade de um recurso qualificado do cliente para comparecer às reuniões agendadas

Processo de Softlanding:

É feita uma primeira abordagem com os responsáveis dos locais de meio empresarial, podendo a empresa fixar-se dois dias em cada local do SoftLanding empresarial, podendo reunir com futuros parceiros, fornecedores ou clientes, reuniões marcadas na 4 semana.

O Softlanding presencial tem ocorrência a nível nacional e Espanha. Está previsto para o final de 2023 haver um alargamento a nível europeu.

  • RoadMap A: Sevilha(2 dias) - Madrid(2 dias) - Barcelona(2 dias) - Bilbau(2 dias)

  • RoadMap B: Maia(1 dia) - Aveiro(1 dia) - Oeiras(1 dia) – Evora(1 dia) – Faro(1 dia)

Inscreva-se no Soft Landing